Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Auto-avaliação do blog "Ria Activa"

Auto-avaliação
   
Antes de passarmos à auto-avaliação do trabalho propriamente dita, gostaríamos de transmitir que partilhamos da mesma tristeza que a equipa Alter-Ego que, tal como nós, não figurou na lista da observação dos blogues.
Temos como justificação o facto da organização do trabalho em grupo não tenha permitido que tenhamos "postado" mais cedo uma vez que ainda não tínhamos o trabalho bem delineado. Apesar das primeiras aulas não se revelarem frutíferas em termos de produção escrita, porém foram deveras importantes para a planificação e solidificação de objectivos.
No primeiro parâmetro que nos surge para a avaliação do nosso blog ("Descrição das actividades de forma objectiva, centrando-se em aspectos essenciais") temos que verificar que ainda não foram desenvolvidas actividades relevantes ao ponto de serem publicadas no "Ria Activa".  
No segundo parâmetro ("Respeito pelas referências, nomeadamente a hora, data, local e recursos utilizados/obtidos"), o grupo tem respeitado todas as referências o mais possível. Note-se que todos os "posts" são escritos pelo grupo e que as referências que são de outras entidades, autores, livros, sites, aparecem entre aspas com a respectiva bibliografia/netografia .
O terceiro parâmetro ("Inclusão de reflexões críticas, bem como comentários significativos") tem-se revelado nos "posts" do "Ria Activa" de uma maneira algo discreta, isto é, no interior de cada notícia o grupo acaba por fazer uma crítica ou mesmo um comentário ao assunto que está em questão. No entanto reconhecemos que por vezes neste parâmetro existem falhas que serão colmatadas o mais rapidamente possível.
No quarto critério ("Elaboração com base na criatividade, coerência e perceptibilidade") temos a dizer que está a ser cumprido razoavelmente bem, sendo que  tentamos "postar" sempre que achamos que o assunto seja relevante e oportuno.
No quinto aspecto ("Animação e envolvimento da comunidade no desenvolvimento dos trabalhos") não se poderá fazer por agora uma avaliação precisa pois as actividades planeadas envolvendo a comunidade apenas se realizaram no decorrer do segundo período. Contudo, se tudo correr como esperamos poderemos dizer que este não é o aspecto que mais preocupa o grupo.
Por último, ("Actualização regular do blogue"), está a ser cumprido na totalidade.
Como já referimos, a maior parte dos projectos estão agendados para o 2º Período, sendo por isso que o blog ainda não se encontra no seu máximo esplendor; reconhecemos também que desenvolvemos um bom trabalho este período e que queremos continuar neste "longo caminho".

Para quem não esteja inteirado sobre os critérios de avaliação, estes encontram-se em http://cidadescriativas.blogs.sapo.pt/71450.html.

 

Postado por riadeaveirohc às 01:26
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

Obras no Jardim Oudinot

Concurso para as obras no Jardim Oudinot (Gafanha da Nazaré)

  

O concurso público para a realização das obras de requalificação do Jardim Oudinot , na Gafanha da Nazaré está aberto. Esta obra cujo valor ronda os 3,3 milhões de euros propõe transformar o Jardim Oudinot no "Maior parque da Ria de Aveiro".

Trata-se de obra conjunta entre a autarquia ilhavense e a APA (Administração do Porto de Aveiro) cujo início deverá ser Janeiro de 2008 e terá uma duração de meio ano, de acordo com Ribau Esteves (Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo). Segundo Ribau Esteves trata-se de uma "obra de grande importância para a Gafanha da Nazaré, para o município de Ílhavo, e mesmo para toda a região", apontando como motivos o facto de se tratar de um "espaço com história, por estar localizado numa zona privilegiada entre a terra e a Ria, e por enquadrar o Navio-Museu Santo André". 

 

 

Note-se que a qualificação a ser feita, de cariz urbano e ambiental, engloba a construção de uma série de infra-estruturas que irão transformar este espaço por completo, isto é, um ancoradouro de recreio, percursos pedonais e cíclicos, que ligarão a parte nova e a antiga do jardim. Para além disso o parque irá dispor também de vários equipamentos desportivos, parques infantis, uma praia fluvial com serviço de bar, sendo toda esta zona iluminada e ajardinada..

"Esta trata-se da primeira obra do município candidata a fundos comunitários do Quadro de Referência Estratégico Nacional QREN ), e que resulta de uma parceria financeira entre a Câmara Municipal de Ílhavo e a Administração do Porto de Aveiro, vindo a constituir, segundo garante Ribau Esteves, «o maior Parque da Ria de Aveiro», que permitirá um acesso directo por parte da população da Gafanha da Nazaré à Ria de Aveiro."

 

"..." retirado de http://www.aveiro.co.pt/noticia.aspx?id=70863

Postado por riadeaveirohc às 22:11
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Ciclo de Conferências "Aveirenses Ilustres"

Conferências "Aveirenses Ilustres" no Museu da Cidade

 

No dia 15 de Outubro teve inicio o Ciclo de Conferências "Aveirenses Ilustres" que irá decorrer até 19 de Maio. As sessões desta conferência decorrem no Museu da Cidade de Aveiro das 18:30 às 19:30. Nestas sessões vão ser homenageados alguns aveirenses que contribuíram significativamente para a melhoria da nossa cidade.

   

  

  
  
A entrada nas sessões é livre não sendo necessário qualquer tipo de inscrição ou pagamento, no entanto é possível efectuar inscrições mas apenas por uma questão de contactos posteriores  com o Museu da Cidade.
Os objectivos da Câmara Municipal de Aveiro ao organizar o ciclo de conferencias é o de preservar a identidade e memoria colectiva dos aveirenses, cidadãos que "activamente, deram o seu contributo para o desenvolvimento sociocultural e político-económico da região; e valorizar a historiografia local e formar pedagogicamente públicos no âmbito da realidade museológica municipal".
As sessões realizam-se quinzenalmente e estao inseridas no contexto de exposições e objectos alusivos ou que tenham sido pertença dos evocados.
Para a obtenção de informaçoes deverá contactar a Divisão de Museus e Património Histórico através do telefone número 234 406 421.
Postado por riadeaveirohc às 10:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Comemorações do Bicentenário da Abertura da Barra de Aveiro

Palestra "Portugal na época da abertura da Barra de Aveiro"

 

     

No sábado, dia 15 de Dezembro, pelas 17 horas no edifício da Antiga Capitania de Aveiro irá ter lugar uma palestra denominada "Portugal na época da Abertura da Barra de Aveiro" que o Comandante António Rodrigues Pereira proferirá. Este evento é fruto da colaboração entre a Câmara Municipal de Aveiro e a Comissão das Comemorações dos 200 anos da Abertura da Barra, entidades que são também responsáveis pela sua organização.

Históricamente, "à data da Abertura da Barra da Ria de Aveiro, em 3 de Abril de 1808, Portugal encontra-se numa situação muito especial, com partes do seu território ocupados por forças militares estrangeiras, a capital do Reino sedeada no Rio de Janeiro e a costa continental bloqueada por uma esquadra inglesa. 

Quando em 1802 se iniciam os trabalhos para a recuperação da Barra da Ria de Aveiro, assistia-se na Europa à ascensão de Napoleão Bonaparte, imperador de França, cujos exércitos considerados invencíveis, haviam dominado as velhas monarquias da Europa Central."
Como já referimos, a palestra vai ser dada pelo Comandante António Rodrigues Pereira, militar de 59 anos. Pela sua carreira passaram muitas unidades navais entre elas estão: "NRP Boavista (Açores, 1970-71), NRP Jacinto Cândido (Moçambique, 1973-75), NRP Afonso Cerqueira (Timor, 1975-76) e NRP São Miguel (Golfo Pérsico, (1990-91), e comandou os NRP Zaire (1979-82), e NE Polar (1986-88)". Para além de ter dirigido estas unidades navais, foi professor de História Naval na Escola Naval entre 1982 e 1990. Mais tarde foi "colocado no Departamento de Relações Bilaterais da Direcção-Geral de Política de Defesa Nacional (1991-95), e desempenhou os cargos de Capitão do Porto de Aveiro (1995-98), Chefe do Gabinete do Superintendente dos Serviços do Pessoal (1998-2000), Secretário da Comissão Cultural da Marinha (2000-2005)". Ainda em 2005, a 7 de Junho passa à Reserva. Mais recentemente, desde Fevereiro de 2006 desempenha as funções de Director do Museu da Marinha. Note-se que para além de ter proferido várias conferências em Portugal e no estrangeiro e de ter publicado mais de cinquenta trabalhos, o Comandante possui diversas condecorações e louvores. 
  
Nota: "..." foi retirado de http://www.cm-aveiro.pt/www//Templates/GenericDetails.aspx?id_object=29425&divName=2&id_class=2
Postado por riadeaveirohc às 21:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
Sábado, 8 de Dezembro de 2007

Culminação e balanço do trabalho realizado em AP

Entrega do Relatório Intermédio de AP

 

Ontem pelas 16 horas e 32 minutos, foi entregue na portaria da ESCH o relatório intermédio relativo ao trabalho realizado durante o primeiro período pelo grupo. Aproximando-se  o fim do período lectivo é necessário que o grupo faça um balanço acerca das falhas e sucessos que ao longo desta temporada se foram revelando. Este balanço torna-se indispensável uma vez que, sem ele não iremos ter um ponto de partida para que possamos melhorar daqui em diante.

 

 

 

É necessário dizer que todos os elementos do grupo se empenharam e tentaram trabalhar da forma mais eficaz possível. É claro que num grupo há sempre quem trabalhe mais ou menos conforme as suas aptidões para a actividade a realizar. A falha que no progredir do período se revelou mais evidente foi a planificação de pouca qualidade das aulas. Notámos que por vezes ficávamos com alguns espaço de tempo livre sem saber bem o que fazer. Colmataremos essa falha no segundo período. Por outro lado temos que dizer que a escolha do grupo não poderia ser a mais adequada sendo que todos os elementos do grupo se entendem bastante bem dentro do ambiente de aula. No relatório estão retratados os passos mais importantes do nosso trabalho. Note-se que embora o portfolio ainda não esteja como desejaríamos essa é também uma das falhas que iremos colmatar para o próximo período. 

O grupo um pensa que está no bom caminho e que desta maneira irá desenvolver um projecto coerente e bem estruturado.

Postado por riadeaveirohc às 16:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

Boa Nova

Programa Pólis Ria de Aveiro

 

O grupo achou que esta notícia divulgada em todos os jornais convencionais e on-line acerca da decisão do Ministério Ambiente para a aplicação do Programa Polis na Ria de Aveiro é uma novidade de destaque e de interesse para todos os aveirenses e que nos deixa a dizer: já não era sem tempo!..

Como todos os munícipes têm assistido ao longo dos anos, a gestão da Ria de Aveiro tem estado numa encruzilhada infernal.

A Ria de Aveiro é um imensidão de problemas e recursos mal aproveitados que ao longo da história ribeirinha têm sido abandonados.

"Quem e como gerir tantas e tão diversificadas actividades e interesses, nem sempre coincidentes, são perguntas que a extinção da Junta Autónoma do Porto de Aveiro JAPA ), em 1998, deixou, na prática, sem respostas, apesar da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro CCDRC ) ter assumido a tutela administrativa."

Apesar de o Sr. Ministro do Ambiente, Nunes Correia, ter resistido às reivindicações dos municípios para criar uma nova estrutura de gestão, o governo anunciou a criação de um programa Pólis para a Ria de Aveiro. O Sr. Ministro do Ambiente já avançou que os programas vão conjugar “acções de requalificação urbana, como os Polis tradicional, mas também a conservação da natureza e a requalificação dos espaços naturais”.

 

Na opinião de Élio Maia, presidente da Câmara de Aveiro, este programa aparece em  "momento oportuno”, lembrando os estudos efectuados no âmbito da Associação de Municípios da Ria “e pela Administração do Porto de Aveiro APA ).  “Para além disso este programa, contará com fundos comunitários e uma Administração Regional Hidrográfica em fase de instalação. É um passo seguro no caminho da melhoria de condições da Ria de Aveiro” conclui Élio Maia. 

É importante que seja referido que o projecto em causa vai também incidir sobre o problema do desassoreamento que muitas dores de cabeça tem dado a quem se preocupa com a Ria. A responsabilidade  pelo Programa Polis Ria de Aveiro deverá recair sobre a Administração Geográfica, cuja comissão instaladora é presidida por Teresa Fidélis .

 

O grupo realça que este foi um importante passo para requalificação da nossa querida Ria de Aveiro e para que a Ria seja hoje para os aveirenses mais jovens aquilo que apenas os aveirenses mais velhos viram no passado.
 

Postado por riadeaveirohc às 23:42
Link do post | Comentar | Ler Comentários (1) | Adicionar aos Favoritos
|

Mais sobre o Grupo

Questionário

free polls Acha que os últimos esforços para tornar a Ria de Aveiro rentável, têm sido suficientes ?
Claro que sim!
Acho que sim!
Julgo que nao!
Nem pensar!

casino online

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

Novos Comentários

História da Ria de Aveiro...

História da Ria de Aveiro...

História da Ria de Aveiro...

História da Ria de Aveiro...

Plano estratégico para a ...

História da Ria de Aveiro...

História da Ria de Aveiro...

Dois ou três meses para o...

Porto de Aveiro tem à ven...

Bicicletas aquáticas inva...

Arquivo

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

tags

todas as tags

Links

Pesquisa

 
blogs SAPO

subscrever feeds